ROCK CRISTÃO

Formação encarou o desafio de fazer o primeiro show para público da 37ª Expovel

 
Tudo Pro Alto cantou grandes sucessos nacionais e internacionais do rock cristão

A segunda edição da Amostra Cultural, projeto da Sociedade Rural do Oeste do Paraná (SRO) que conta com o apoio da Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura/Governo Federal, foi encerrado na noite desta segunda-feira (14) com o show da banda católica cascavelense Tudo Pro Alto. No palco da Arena do Rodeio, os músicos, em sua primeira apresentação da carreira, interpretaram canções autorais e grandes sucessos nacionais e internacionais do rock cristão.

A Tudo Pro Alto é formada pelos amigos Júlio Correa (vocal), Elder Guardiano (contrabaixo), Vinícius Guardiano (guitarrista), Rafael Moraes (bateria) e Fernando Domanski (teclado). "O projeto partiu de um sonho meu, a princípio. Mas eu não consigo montar uma banda sozinho e então fui em busca de parceiros que abraçassem a ideia. Rezei muito e fui apresentado por amigos em comum ao Júlio, que me apresentou ao Elder e ao Vinícius, que são irmãos. A gente está muito feliz por trabalhar junto e a gente se sentiu ainda mais realizado por fazer o primeiro show aqui na Expovel", relata Fernando. "A gente se preparou muito para este momento, mas a ansiedade era grande. A gente já vinha tocando em eventos menores há um ano, mas este é o lançamento oficial da banda, tendo inclusive músicas nossas. A gente agradece muito à organização da feira por ter aberto as portas para a nossa banda", destaca Júlio.

O tecladista explica que a proposta de trabalho da Tudo Pro Alto é levar a mensagem do Evangelho aos jovens, por meio de um ritmo musical que o atraia. "É difícil conquistar este público para este meio religioso, mas com o nosso som queremos fazer esta galera parar para ouvir e prestar atenção naquilo que Deus tem para falar", observa Fernando.

Passado o nervosismo da estreia, os projetos da banda é lançar um CD em breve. "Como temos um projeto e uma base profissional, temos certeza de que vamos crescer muito. Tivemos um ótimo começo e logo vamos entrar em estúdio, com algumas músicas para gravar", projeta o vocalista.

CRÉDITO

Dângela Peruffo   

Voltar